Gestão de RH

Terceirização em pequenas empresas: vale a pena?

30/01/2018

Ao abrir um negócio é natural que o empreendedor queira que a empresa cresça e ganhe destaque no mercado. Ao passo que isso acontece, o ideal é que novas estratégias sejam desenvolvidas a medida que as tarefas são delegadas a funcionários competentes. Para alcançar esse objetivo, muitos acabam considerando a terceirização em pequenas empresas. Mas será que fazer isso vale a pena? Continue lendo este post e encontre a resposta para essa pergunta!

Entenda o que mudou na Lei da Terceirização

A terceirização passou a ser regulamentada pela Lei Nº 13.429, de 31 de março de 2017. E nela encontramos mudanças significativas e benéficas para pequenas empresas. Algumas delas são:

  • toda empresa que desempenha qualquer atividade no país pode terceirizar seus serviços;

  • os encargos trabalhistas ficam a cargo da empresa terceirizada;

  • a responsabilização subsidiária, ou seja, um funcionário só poderá entrar com ações trabalhistas na justiça contra a empresa contratante quando a empresa terceirizada não tiver recursos;

  • a duração do contrato é de 180 dias (consecutivos ou não);

  • depois de finalizar um contrato, uma nova relação de trabalho só poderá ser estabelecida após 3 meses.

Conheça as vantagens da terceirização em pequenas empresas

Ao considerar a terceirização em sua empresa você deve parar para analisar quais são os benefícios dessa opção. Alguns deles são:

  • redução de custos  —  você não precisará se preocupar com férias, vale refeição ou outros encargos trabalhistas;

  • aumento da eficiência dos serviços prestados  —  sua empresa contará com uma equipe de primeira e com uma excelente estrutura para executar os serviços;

  • melhora o atendimento as demandas  —  sua equipe poderá focar no atendimento ao cliente enquanto outra empresa lida com as atividades secundárias.

Conheça as desvantagens da terceirização em pequenas empresas

Para fazer um bom negócio você deve ver além das vantagens que a terceirização pode trazer para a sua pequena empresa. Pense também no lado negativo. Veja que:

  • as informações da sua empresa podem não estar tão seguras como antes;

  • você deverá ter planos muito bem elaborados e ser capaz de manter a antecedência na execução dos serviços;

  • o controle de qualidade da empresa pode diminuir, uma vez que você não será o responsável por todos os processos.

Faça uma escolha consciente

Antes de qualquer coisa, você deve entender quais serão os serviços que poderão ser terceirizados no seu negócio. Os serviços que tem gerado maiores benefícios são normalmente voltados para a área administrativa, como a contabilidade e o setor de TI  —  tecnologia da informação  —  de uma empresa.

Depois de verificar o que pode ser terceirizado na sua empresa, você deve considerar as vantagens e as desvantagens para o seu negócio individualmente. Assim, a sua decisão será a mais certeira possível.

Fica claro que terceirização em pequenas empresas deve ser considerada com cuidado. O que vale a pena para um empreendedor não é necessariamente o melhor para o outro. Verifique a situação do seu negócio e analise com base nos pontos que abordamos aqui qual é a melhor opção para você.

Gostou de saber se vale a pena escolher pela terceirização em pequenas empresas? Quer saber mais sobre o assunto? Então leia o nosso post e descubra agora qual o impacto da terceirização nos benefícios oferecidos pela empresa!

Você também pode gostar

Share This
Navegação