No mínimo, um profissional passa oito horas por dia dentro da empresa em que trabalha, considerada um segundo lar para muitos. Por isso, investir na qualidade de vida na empresa não é um luxo, mas uma necessidade. Investir no bem-estar da equipe de trabalho resulta em mais produtividade e melhores resultados para toda a organização.

Uma pesquisa realizada pelo Instituto de Pesquisa e Controle do Stress (IPCS), que contou com a participação de 2.195 brasileiros, identificou que 34,26% dos participantes, mais de 1/3 deles, estão vivendo em extremo stress. Por isso separamos cinco passos que poderão ajudar a investir na qualidade de vida dos seus colaboradores. Continue lendo nosso post e descubra como fazer isso!

1. Invista num ambiente mais agradável

Um ambiente de trabalho bem planejado é o primeiro passo para melhorar a qualidade de vida na empresa. É importante atentar para mobília, iluminação, conforto térmico, acústica e, principalmente, segurança no trabalho.

Mesmo pequenos detalhes podem fazer muita diferença. Cadeiras com apoio de cotovelo e o posicionamento correto da tela do computador já são um bom começo.

2. Promova melhor relacionamento entre líderes e liderados

Não são mais aceitáveis os líderes distantes, que não se importam com as necessidades e sonhos dos seus liderados. Frases como “manda quem pode, obedece quem tem juízo” não podem fazer parte do dia a dia das empresas.

Aprimorar o relacionamento entre gestores e suas equipes de trabalho é o segundo passo para melhorar o bem-estar e deixar os funcionários cada vez mais engajados e comprometidos com os objetivos organizacionais.

3. Seja flexível – os seus funcionários possuem vida pessoal

Excesso de rigidez pode ser um problema para a qualidade de vida na empresa. Algumas vezes, os funcionários precisam resolver problemas pessoais urgentes. Nesses casos, seja flexível no que puder, contudo não confunda flexibilidade com falta de organização. 

Os horários devem ser cumpridos e respeitados por todos dentro da empresa – isso é muito importante.

4. Reconheça os resultados apresentados

Uma das piores coisas é se dedicar ao máximo para concluir um trabalho importante e, no outro dia, não ouvir um simples “obrigado”. Isto não significa que os funcionários devem ser paparicados e elogiados a todo momento, mas que reconhecer o esforço e a dedicação de sua equipe é muito importante para criar um bom clima organizacional.

Reconhecer é dar feedback, devendo tornar-se um hábito dentro das organizações.

5. Faça com os outros o que gostaria que fizessem com você!

Nosso último passo é, na verdade, uma regra de ouro para que qualquer relacionamento dê certo. Esse mantra deve fazer parte da cultura organizacional e ser amplamente compartilhado dentro da empresa. Para isso, uma palavrinha chamada “empatia” deve ser incorporada à gestão de pessoas. Ela é a capacidade de se colocar no lugar dos outros antes de tomar uma decisão. Lembre-se sempre disso!

Ao implementar esses passos no dia a dia da empresa, com certeza as chances de alcançar os objetivos organizacionais irão se multiplicar. Melhorar a qualidade de vida na empresa tem diversos benefícios, dentre eles: atração e retenção de talentos, equipes mais engajadas, melhores resultados, otimização dos lucros e até mesmo a redução de despesas. Além disso, poderá minimizar a possibilidade de os colaboradores desenvolverem qualquer tipo de doença relacionada ao trabalho.

E então, você está pronto para botar em prática os passos que aprendemos aqui? Contribua para nosso post com o seu comentário!