A maioria das empresas apresentam um discurso ativo de valorização de seus colaboradores, mas nem todas investem em práticas ou políticas que visam à permanência destes na organização. É por isso que a retenção de talentos continua sendo um dos maiores desafios enfrentados pelos gestores de Recursos Humanos.

É importante visualizar os benefícios de se colocar em prática instrumentos que reduzem a rotatividade de funcionários, pois, somente assim, sua política de retenção de talentos poderá ser bem-sucedida.

No post de hoje, você aprenderá os principais passos para que sua equipe seja engajada com o negócio e trabalhe com muita motivação!

A retenção de talentos e o porquê de ela ser importante

A existência de um plano de retenção de talentos é uma estratégia de gestão que objetiva a permanência dos colaboradores em longo prazo. O plano é colocado em prática por meio de políticas voltadas ao capital humano da organização, por exemplo:

  • Oportunidade de crescimento dentro da empresa;

  • Incentivos à capacitação profissional;

  • Projetos que visam o desenvolvimento pessoal do colaborador.

Uma vez que é bastante difícil encontrar um profissional capacitado e realmente bom, torna-se impensável não criar mecanismos para que ele fique na empresa em longo prazo.

Nesse sentido, os esforços para retenção de talentos são importantes porque:

  • Reduzem a taxa de rotatividade de funcionários;

  • A empresa dispõe de funcionários qualificados e que conhecem os processos da organização;

  • Os colaboradores trabalham com a motivação nas alturas;

  • É mais barato manter um bom profissional do que buscar por outro no mercado;

  • Uma equipe motivada e engajada contribui para o crescimento e sucesso da empresa.

Nem sempre é uma tarefa fácil

Uma política eficiente de gestão e retenção de talentos é fundamental para o sucesso da empresa. E, como se sabe, nem sempre é fácil colocá-la em prática, pois são vários os motivos que podem levar o funcionário a se demitir.

Por isso, é importante estar atento a algumas variáveis em sua organização:

  • Observar o comportamento e tentar compreender os seus colaboradores;

  • Prestar atenção ao ambiente de trabalho e se há sobrecarga de tarefas;

  • Se a cultura de sua organização desmotiva o trabalhador;

  • Se a empresa oferece o devido treinamento quando a pessoa começa a exercer sua função;

  • Se existe abertura para que o funcionário expresse suas considerações e receba feedbacks periódicos.

5 passos para reter os talentos de sua empresa

Para ajudá-lo a ter sucesso, listamos abaixo 7 dicas para você criar agora mesmo o seu plano de retenção de talentos! Confira abaixo:

1. Criação do plano de carreira

Criação de um Plano de Carreira, de Cargos e de Salários, pois é uma prática que permite que o funcionário visualize suas oportunidades dentro da empresa. Além disso, oferecer remuneração abaixo do praticado no mercado ou em desacordo com as responsabilidades do funcionário é um dos principais motivadores da busca por novas oportunidades

2. Estabelecer uma política de contratação

Além de considerar as habilidades do candidato, estabeleça uma política de contratação que leve em consideração se o funcionário irá se adaptar à cultura da empresa. É inútil contratar um profissional capacitado, mas que não está em sintonia com a forma que a empresa trabalha.

3. Ambiente de trabalho propício ao desenvolvimento de talentos

Crie um ambiente de trabalho que faça seu funcionário se sentir uma parte importante da empresa. Encontre formas de promover a confiança nessa relação e mostrar como ele é essencial para que o negócio tenha sucesso e seja próspero.

4. Comunicação aberta e honesta

Valorize a importância de se comunicar de forma aberta e honesta. Essa atitude é indispensável para criar uma relação transparente com os colaboradores, seja para ouvir o que eles têm a dizer ou mesmo para transmitir quais as expectativas que a empresa deposita neles.

5. Oportunidade de crescimento

Ofereça oportunidades de crescimento e aprendizado, pois é uma prática que, além de contribuir para capacitar seus empregados, estimula a permanência dos profissionais mais talentosos: eles estão sempre em busca de desafios e de oportunidades para capacitação.

A adoção de práticas que visam à retenção de talentos é fundamental para o sucesso e crescimento da empresa. É preciso ter em mente que o capital humano é um dos recursos mais valiosos da organização, então, não deixe de adotar práticas que visem à permanência de seus melhores funcionários.

Gostou das dicas de hoje? Aproveite e compartilhe conosco sua opinião nos comentários!