O dia 3 de junho homenageia o profissional de RH, responsável pelo principal ativo de uma organização: as pessoas. Cabe ao profissional de RH a gestão de pessoas e o gerenciamento de carreiras e talentos. Nos últimos anos, esses profissionais vêm ganhando mais destaque, assumindo papel estratégico nas organizações. 

A data escolhida para comemorar o Dia do Profissional do RH celebra a criação, em 1976, da World Federation of People Management Association (WFPMA). No Brasil, o responsável pela efeméride foi Genézio Lucone, fundador da Associação Paulista de Administração de Pessoal, atual ABRH-SP.

Neste post vamos mostrar como funciona a carreira destes importantes profissionais que tem como principal característica, gostar de gente.

O curso de gestão de RH

Com duração de três anos, o curso tem uma grade curricular ampla, que aborda temas como relações trabalhistas, gestão de benefícios, liderança, negociação, contabilidade, ética, legislação, informática, psicologia e administração.  Com a necessidade cada vez maior de uma atuação estratégica, também há espaço para profissionais como formações diferentes, como administradores, advogados, engenheiros entre outros.

O que faz um profissional de RH

O escopo de atividades do profissional da área de RH evoluiu muito nas últimas décadas. Cada vez mais ele tem participação ativa no desenvolvimento e capacitação dos colaboradores, contribuindo decisivamente para a melhora da produtividade e dos resultados gerais da organização.   

Entre as suas diversas funções, compete ao profissional de RH a responsabilidade pelos processos de seleção, contratação, coordenação e treinamento de funcionários, além do desenvolvimento de técnicas e estratégias para a construção de relações sustentáveis nos diferentes ambientes hierárquicos, e administração de talentos.

Por meio de técnicas de treinamento e motivação, o profissional tem também a função de desenvolver equipes satisfeitas com o trabalho que exercem, colaborando para o crescimento das empresas.

Dependendo perfil da empresa, a organização de eventos e a gestão da comunicação interna também são atribuições dos profissionais de RH 

A consultoria para empresas também é uma possibilidade de atuação do profissional de RH. Neste caso, eles ajudam a organização na contratação de profissionais, realizando entrevistas e aplicando provas e dinâmicas de grupo, podendo incluir testes vocacionais e psicológicos, além de aplicação de métricas para medir e avaliar o desempenho profissional.

A rotina dos profissionais de RH pode incluir ainda tarefas mais operacionais, relacionadas ao departamento de pessoal, como cuidar dos documentos e da parte burocrática relacionada à contratação e demissão de funcionários. Além disso, garantem que os tributos, salários e benefícios, sejam pagos corretamente aos colaboradores.

 Mercado de trabalho

Não são apenas as grandes empresas que veem a necessidade de contratação de profissionais de RH. Por conta da complexidade da lei trabalhista, micro, pequenas e médias empresas também contratam especialistas em RH para ajudar a lidar com folha de pagamento, relacionamento com funcionários e sindicatos, além do gerenciamento de competências.

O gestor de RH pode atuar em várias áreas dentro da empresa tais como Recrutamento e Seleção, Treinamento e Desenvolvimento, Remuneração e Benefícios, Cargos e Salários, Relações Trabalhistas. Por exemplo, cabe ao profissional de Remuneração e Benefícios cuidar do cartão-alimentação, cartão refeição, vale transporte, seguro-saúde, seguro de vida entre outros.  Já o analista de Relações Trabalhistas deve acompanhar e monitorar as negociações coletivas observar as cláusulas sindicais.

Quer saber mais sobre o profissional de Recursos Humanos? Confira o Guia do Profissional de RH, um e-book exclusivo para profissionais da área, gestores, diretores, estudantes etc.Clique aqui para fazer download.