É muito comum as pessoas acharem que Recursos Humanos e Departamento Pessoal são áreas que possuem as mesmas atribuições. Apesar de existir uma ligação entre os dois setores, eles possuem funções diferentes.

Normalmente, a confusão entre as tarefas destas duas unidades é provocada pela falta de conhecimento não apenas dos funcionários, mas também de gestores de outros segmentos da organização.

Neste post, vamos abordar as diferenças das atividades realizadas por essas áreas e a importância delas para uma empresa. Confira:

Burocracia

O Departamento Pessoal tem como principal meta tratar de questões burocráticas. Ele é o responsável por realizar os trâmites administrativos relacionados com a contratação e demissão de funcionários, o pagamento de salários e de férias.

Além disso, faz o controle do cumprimento dos horários, da concessão de licença médica, do uso do vale-transporte e de outros benefícios concedidos aos empregados, como o auxílio-creche.

Capital Humano

Fazer com que os funcionários desenvolvam todo o potencial em favor da organização é um dos maiores desafios do Recursos Humanos. Atualmente, é fundamental que uma empresa busque alternativas para desenvolver o capital humano, o que contribui para atingir os principais objetivos e conquistar um maior reconhecimento junto ao público-alvo.

Neste contexto, o RH exerce um papel importante para motivar, engajar e aumentar a produtividade dos colaboradores. Para isso, atua em diversas atividades, como organizar treinamentos, elaborar planos de cargos e salários, apoiar o desenvolvimento de novos líderes, contribuir para a retenção de talentos, entre outras.

Articulação entre Recursos Humanos e Departamento Pessoal

Para uma empresa funcionar de maneira mais ágil, é muito importante que o RH e o Departamento Pessoal tenham uma boa comunicação. Um bom exemplo disso abrange o processo de desligamento.

Junto com os gestores, o Recurso Humanos verifica os funcionários que estão com baixa performance e com comportamento incompatível com a cultura organizacional. Com base nisso, é feita a escolha dos colaboradores que serão demitidos.

Neste processo, o Departamento Pessoal contribui tomando os cuidados necessários para que a rescisão do contrato de trabalho seja feita da melhor forma possível.

Segurança

A qualidade de vida dos funcionários deve ser bastante valorizada por qualquer organização. Por isso, é primordial que o Recursos Humanos faça uma investigação bastante minuciosa quando ocorre um acidente de trabalho.

Para atuar com transparência neste tipo de situação, o Departamento Pessoal deve fazer o registro e a Comunicação de Acidente de Trabalho (CAT). Outra ação importante é lançar na folha de ponto o motivo do afastamento do empregado. Desta forma, evita que a empresa tenha problemas com a Justiça do Trabalho.

Valorização

A empresa que valoriza os recursos humanos terá mais condições de superar a concorrência e de fidelizar os clientes. Isso porque vai saber não apenas escolher os funcionários mais qualificados para as funções, mas também motivá-los a obter excelentes resultados.

Não tenha dúvida de que Recursos Humanos e Departamento Pessoal atuando de forma integrada vão proporcionar mais qualidade de vida para os funcionários no ambiente de trabalho, o que permite aos colaboradores terem uma performance de alto nível.

Os que estão com receio de investir numa estrutura mais adequada para potencializar o capital humano, uma boa dica é ler o artigo: entenda a importância do profissional de RH para sua organização!

Curtiu nosso artigo sobre a Diferença entre Recursos Humanos e Departamento Pessoal? Então aproveite para conferir o e-book Guia Básico do Profissional de RH e descubra mais sobre essa profissão!

Baixe já o nosso material gratuito!