RH estratégico

Cultura de Startup: 5 coisas que a sua empresa pode aprender com ela

03/10/2017

Existem empresas que demoram décadas para abraçar uma pequena fatia do mercado. Outras, no entanto, conseguem fazer isso em poucos anos ou meses. Qual o segredo? O que companhias com Airbnb, Uber e DropBox possuem em comum? A cultura de startup!

Para ficar claro, a cultura de uma empresa representa o conjunto dos hábitos, crenças e valores que são compartilhados entre seus funcionários. Nessas empresas, tem-se a ideia de que é preciso mirar alto, falhar depressa, trabalhar duro, investir em talentos etc.

Pensando em tudo isso, criamos um guia especialmente para você. Hoje, vamos falar sobre 5 coisas que a sua empresa pode aprender com a cultura de startup. Continue lendo nosso conteúdo e fique por dentro do assunto. Boa leitura!

1. Não tenha medo de errar

Você já ouviu a frase “fail fast”? Ela está presente na declaração de valores de algumas das companhias mais inovadoras. Representa a ideia que os erros fazem parte do processo de aprendizado, então, em vez de ficar se lamentando, é melhor começar de novo.

Ao aplicar esse fragmento de cultura em seu empreendimento, será possível ter equipes mais dispostas a correr riscos. Para isso, estimule a geração e execução de novas ideias. Depois, diga a todos que não devem ter medo de errar, pois isso acontece nas melhores “famílias”.

2. Invista no bem-estar dos talentos

A atração e retenção de talentos é uma estratégia-chave para o crescimento das startups. Por isso, investem no bem-estar dos seus funcionários e na construção de um clima realmente agradável. Na Google, os funcionários podem até levar seu pet para o trabalho.

E em sua empresa, quais benefícios são oferecidos? Além dos obrigatórios (férias, décimo terceiro etc.), invista em outros que possam dar uma maior qualidade de vida aos talentos. Como exemplo, é possível destacar: vale-alimentação, combustível e transporte.

3. Extraia o “UAU” dos seus clientes

A Zappos é um e-commerce norte-americano focado na venda de sapatos. Entre seus principais valores, está: entregue “UAU” por meio dos serviços. Isso quer dizer que o produto/serviço comercializado deve ser o melhor possível, capaz de encantar os clientes.

Para isso, é importante realizar algumas mudanças em sua empresa. Deve-se implementar novos canais de comunicação com os clientes, atendê-los com o máximo de qualidade, manter a equipe competente e disposta a oferecer a melhor experiência ao público-alvo.

4. Atue com equipes enxutas

Qual o tamanho de cada uma das suas equipes de trabalho? Jeff Bezos, CEO da Amazon, criou uma regra conhecida como “two pizza team”. A ideia é muito simples, as equipes de trabalho devem ser pequenas o suficiente para serem alimentadas com apenas duas pizzas.

Parecer bobagem, mas certamente não é! Equipe pequenas empenham-se mais na realização das tarefas, comprometem-se verdadeiramente com os resultados e mantêm uma comunicação interna mais eficaz. Então forme pequenos times.

5. Aposte nas novas tecnologias

As startups são mais flexíveis, por isso buscam estar sempre um passo à frente da concorrência. Para isso, investem em novas tecnologias que otimizam as tarefas diárias, fortalecem o relacionamento com os clientes e funcionários da empresa.

São muitas as tecnologias que podem ser utilizadas em sua empresa. Desde sistemas de computação em nuvem, tomada de decisões com base em Big Data até a utilização de cartões para pagamentos dos benefícios. Com boas tecnologias, as tarefas ficam mais simples.

Veja, tudo isso faz parte do universo das startups. Como resultado, é possível vê-las crescendo exponencialmente, abraçando uma grande parte do mercado em um breve período. Ao aplicar essas dicas em seu negócio, grandes resultados também poderão ser alcançados.

Gostou do nosso conteúdo? Já sabe o que pode implementar da cultura de startup? Agora, aproveite para continuar aprendendo. Leia nosso post e saiba por que os benefícios são tão importantes na gestão de micro e pequenas empresas!

Você também pode gostar

Share This
Navegação