O clima organizacional é uma das questões mais decisivas para a produtividade de uma empresa. Companhias que não conseguem proporcionar isso aos seus colaboradores sofrem com a perda de talentos e a baixa produtividade causada pela desmotivação.

Um clima bom significa que a equipe está mais satisfeita com o trabalho que realizam e, consequentemente, produzindo resultados melhores.

Além da administração e cultura, vários aspectos simples podem impactar no clima organizacional. Listamos neste artigo os 7 fatores que mais influenciam esse clima:

1. Lideranças exemplares e inspiradoras

As pessoas gostam de trabalhar com líderes que elas admiram. E as lideranças são um dos pontos mais importante para o clima organizacional. Um mau líder derruba a moral de qualquer tipo de equipe: ninguém se sente bem trabalhando abaixo de quem despreza.

Logo, além de inspiradores, os líderes da empresa precisam também ser exemplares.

2. Padrões e processos bem estruturados

Uma empresa com padrões e processos bem estruturados e comprovados favorece também o clima organizacional. Muitos funcionários podem se sentir frustrados quando percebem que o valor do seu trabalho é minado por processos ineficientes.

Logo, além de todos os benefícios óbvios de contar com bons processos, eles também favorecem a satisfação dos colaboradores e a confiança deles no sucesso da companhia.

3. Flexibilidade e abertura para inovar

Ao mesmo tempo que é bom ter processos estruturados, é importante que eles não sejam engessados. Os funcionários precisam se sentir livres para inovar e evoluir a forma que o trabalho é realizado e até as regras tradicionais como o código de vestimenta e horário de trabalho.

4. Transparência nos projetos e objetivos

Alinhar expectativas com o time é essencial para manter todos focados no mesmo objetivo. Para isso, é necessário investir na transparência dos projetos e processos da empresa.

É desestimulante realizar um trabalho sem compreender exatamente onde ele vai chegar. Em times sem transparência a motivação é baixa e a performance sofre com isso.

A transparência também faz com que os colaboradores compreendam com clareza a missão e os valores da empresa

5. Política de comunicação interna para o clima organizacional

Boatos são um dos fatores mais destrutivas para o clima organizacional. Sejam falsos ou verdadeiros, informações que circulam sem serem oficializadas causam insegurança e instabilidade nas equipes.

Uma empresa sem uma boa política de comunicação interna direcionada para o clima organizacional é campo fértil para o nascimento de boatos. Investir nesse setor é fundamental para manter as informações sob controle e evitar a discórdia.

6. Feedback do trabalho realizado

Dar um retorno regular do trabalho realizado pelos colaboradores é essencial para mantê-los motivados, além de servir também para guiar os esforços da empresa na direção certa. Mesmo feedbacks negativos podem ser importantes, desde que sejam construtivos e profissionais.

A grande falha aqui é não distribuir feedback algum. Trabalhar no escuro é frustrante e pode levar ao desinteresse. Além disso, é importante realizar avaliações de desempenho regulares para poder reconhecer bons exemplos e corrigir desvios.

7. Recompensas que reconheçam o sucesso

Por fim, é fundamental que a empresa reconheça seus talentos e recompense-os quando eles conseguirem bons resultados. Quando essas bonificações são justas e proporcionais, a produtividade é incentivada.

Recompensas financeiras, dias de folga e premiações são algumas formas de reconhecer o sucesso, mas, naturalmente, oportunidades de crescimento e promoções são as melhores maneiras de reter talentos e melhorar o clima organizacional.

Gostou de saber os 7 fatores que mais influenciam o clima organizacional? Aproveite então para compartilhar esse post nas redes sociais e dividir essas informações com os seus colegas!