Todo ano é a mesma coisa. O clima de confraternização toma conta do ambiente corporativo durante o mês de dezembro. Para a maioria, a tradicional festa de fim de ano da empresa é um momento muito esperado, é a hora de celebrar conquistas, de estreitar laços.

Por isso, esse é um evento que precisa constar do seu calendário e que merece ser bem organizado para deixar gravada na memória de todos uma imagem positiva da organização. Confira abaixo algumas dicas:

Demonstre a importância da confraternização

Do ponto de vista corporativo, demonstrar comprometimento com o evento passa uma imagem de que a empresa se preocupa em proporcionar momentos mais leves e divertidos aos colaboradores, para aliviar o estresse do ano que está indo embora e fazer uma pausa na rotina diária.

Dizem que primeira impressão é a que fica, então encerrar o ano com uma boa confraternização com certeza deixará boas lembranças e ajudará a dar gás extra para os colaboradores começaram o ano seguinte comprometidos e mais produtivos.

Identifique o perfil da empresa e colaboradores

Qual é o tamanho de sua empresa? Se for de pequeno porte, é recomendado organizar um jantar ou levar seus colaboradores para um happy hour. No caso de grandes empresas, com dezenas ou centenas de funcionários, é comum recorrer a eventos divididos por setores, porém este pode ser um erro, segundo especialistas. Isto porque a companhia pode perder a oportunidade de aproximação com todos os departamentos e setores, mostrando que todos são igualmente importantes.

Lembre-se que a confraternização pode ser um ótimo canal de comunicação entre a empresa e os colaboradores. Em um ambiente festivo, os gestores têm a oportunidade de falar de igual para igual com sua equipe – e, assim, os funcionários se sentirão em incluídos dentro do ambiente, independentemente de cargo. O gestor pode aproveitar o momento para realizar um brinde e compartilhar uma mensagem de agradecimento e de continuidade.

Amigo secreto – fazer ou não fazer?

Uma empresa é composta por pessoas dos mais variados gostos, motivações e tamanhos de bolso. Para organizar um amigo secreto, antes de tudo, é preciso saber se a maioria quer participar para que ninguém fique de fora. Feito isso, é bom estipular presentes de valor que atenda a todos os orçamentos. Daí em diante vale a criatividade para selecionar o tipo de presente. Vale cada um fazer uma lista com itens de escolha, selecionar por temas (marca de sandálias, livros, DVDs, etc) ou simplesmente propor quebrar um pouco a cabeça para comprar algo para alguém que você pouco conhece.

Aproveite o momento

A confraternização de fim de ano, assim como todos os outros benefícios oferecidos nesta época, deve ser um prêmio, uma recompensa pelo esforço do ano, para o funcionário. É importante os gestores evitarem que a festa passe a impressão de economia justamente nesse momento. Porém, mais importante que isso, é fundamental que a organização transpareça cuidado e planejamento.

A sua empresa realiza algum tipo de confraternização? Que tal compartilhar a sua experiência com a gente?