Benefícios Corporativos

5 dicas para criar programas de incentivo em pequenas empresas

10/05/2017

Quando colaboradores são devidamente motivados os resultados na produtividade aparecem consideravelmente. Muito além de vantagens financeiras, existem vários tipos de programas de incentivo que podem ser bons atrativos para fazer a sua empresa manter os talentos e despontar na lucratividade.

Quer melhorar o rendimento da sua equipe e ainda criar uma política de valorização da corporação, atraindo e mantendo talentos em várias áreas? Então veja 5 dicas que certamente farão a diferença!

1. Busque benefícios criativos

Existem muitas maneiras de motivar os funcionários sem a necessidade da liberação de recursos financeiros propriamente ditos.

Que tal uma parceria com um restaurante bacana da cidade para oferecer um jantar para a família do colaborador que se destacou no mês? Ou um desconto em determinada academia que possa ser compartilhado entre todos os trabalhadores?

Tratam-se de meios que aumentam a satisfação interna, fazendo com que as pessoas trabalhem com mais disposição.

Um vale compras em um hipermercado ou entradas para o cinema também modificam o humor de muita gente. Que tal um fim de semana pago em um hotel fazenda para aquele funcionário que bateu meta? Certamente, os esforços teriam uma motivação bem atraente!

2. Crie metas e bonifique os melhores

Criar metas para os diferentes setores da sua empresa é uma boa dica para influenciar positivamente na produtividade.

Se uma equipe ou determinado colaborador atingir o que foi previamente planejado, é possível premiar os melhores — tanto por meio de uma promoção quanto bonificação no fim do mês.

Até mesmo um programa de participação nos lucros e resultados da empresa pode ser desenvolvido de olho em uma ampliação do mercado do seu negócio. Claro, tudo dentro de uma devida análise que comporte ações mais ousadas.

3. Mantenha os benefícios trabalhistas em dia

Não existe situação mais insatisfatória para um funcionário do que trabalhar sob o risco de não contar com os benefícios previstos no fim do mês.

Por isso, faça de tudo para manter o pagamento em dia do vale-refeição, do plano de saúde, do auxílio combustível ou vale-transporte, enfim, não deixe seus colaboradores na mão.

E, claro, manter o pagamento dos salários em dia deve ser uma premissa. Afinal, são pontos que trazem muita insatisfação no ambiente de trabalho se não forem devidamente respeitados.

Quanto mais harmonia houver no ambiente organizacional, maiores serão as chances dos objetivos corporativos serem atingidos.

4. Conheça seus colaboradores

Programas de incentivo podem nascer de acordo com o perfil de cada funcionário. Para isso, é preciso conhecê-los tanto do ponto de vista profissional quanto pessoal. Observar as características emocionais de cada um, pontos fortes e fracos assim como os talentos contribui imensamente para ajudá-los na motivação.

Muitas vezes, ouvir as queixas e ir atrás de soluções faz com que o colaborador vista a camisa do time, ficando mais engajado e sintonizado com a política da empresa.

5. Estimule a capacitação

Diante de um mercado de trabalho altamente competitivo, estimular a capacitação é um ponto muito valorizado pelos funcionários.

Afinal, quem não gostaria de ganhar 50% de desconto em uma pós-graduação ou até mesmo uma bolsa para finalizar um curso superior? Dessa maneira, é possível reter talentos, evitando que a concorrência leve colaboradores com grande potencial.

Portanto, incentive sempre a capacitação e valorize quem estiver em busca do conhecimento. Aliando prática e teoria, a sua empresa conseguirá voos audaciosos!

Quer saber como reduzir custos na sua empresa? Conheça o Benefícios, uma plataforma que tem tudo o que você precisa em um só lugar!

Você também pode gostar

Share This
Navegação