O profissional de RH é um dos stakeholders mais importantes para o desenvolvimento organizacional. Sua principal função é atuar como elo entre a empresa e os empregados, conciliando os mais diversos interesses.

Essa atividade tem mudado muito ao longo dos anos, tornando-se a cada dia mais estratégica. Apesar disso, nem de longe é uma posição simples de se ocupar. Por isso, é importante entender o perfil ideal de um profissional de gestão de pessoas e equipes.

Pensando nisso desenvolvemos um post para você. Continue lendo e entenda quais competências são necessárias para trabalhar nessa área. Boa leitura!

1. Visão além do que é palpável

Um bom profissional de RH deve enxergar nas pessoas mais do que a simples aparência e ver o que todos os outros não veem. Por isso, ser visionário é a primeira grande competência para quem trabalha ou deseja atuar na área.

Imagine o processo de recrutamento e seleção, por exemplo. O profissional de gestão de pessoas não deve avaliar apenas os diplomas e certificados de um candidato, mas entender algo que vai muito além disso: o caráter.

2. Rapidez e eficácia nas escolhas

Alguém que trabalhe com gestão de pessoas está sempre tomando importantes decisões. Seja na hora de contratar, promover, transferir ou demitir alguém. Todas essas escolhas têm um efeito direto na vida dos trabalhadores e nos resultados do negócio.

Então o profissional de RH deve saber lidar com a pressão das decisões, além de fazer escolhas rápidas e certeiras. Para isso, é indicado que se utilize bons indicadores-chave de desempenho relacionados ao seu departamento.

3. Conhecimento tecnológico para o desempenho das tarefas

A área de RH está cada vez mais moderna e exige novas tecnologias para otimização dos resultados internos. Hoje é possível falar em softwares para desdobramento de metas, sistemas de avaliação de desempenho, plataformas de seleção e KPIs.

Assim, é importante ter certa familiaridade com a tecnologia. Ferramentas como o Office, Excel e PowerPoint são companheiras diárias para quem atua nessa área. Além dessas, existem muitas outras que são cada vez mais comuns no departamento.

4. Persistência para atingir os objetivos

Nenhuma outra área dá tanto problema quanto o RH, e essa é uma realidade inevitável. Onde houver pessoas, ali haverá problemas. Logo, a persistência é outra importante competência para esse profissional.

Seja o processo de recrutamento, de integração, de avaliação ou correção de funcionários, tudo demanda alguém que não se deixe parar pelas adversidades.

O Brasil, por exemplo, está entre os cinco países com maior dificuldade de contratar mão de obra qualificada. Nesse caso, se o profissional de RH não for realmente persistente na busca por talentos, eles jamais farão parte da companhia.

5. Espírito de equipe e capacidade de liderança

Não são poucas as vezes em que o profissional de RH representa a voz da empresa entre os funcionários. Além disso, esse profissional está comumente implementando treinamentos, dinâmicas em grupo ou desenvolvendo os outros gestores da companhia.

Desse modo, ser alguém com espírito de equipe e capacidade de liderança é algo realmente indispensável.

Agora que já conhece as 5 principais competências para um profissional de RH, aproveite para continuar aprendendo. Leia nosso post: gestão de pessoas: os maiores desafios a serem enfrentados em 2017.