Profissionais bem motivados costumam ser os mais produtivos dentro de uma empresa. Essa motivação pode vir de vários lugares, desde os próprios objetivos do funcionário até alguma necessidade.

Além disso, a empresa pode estimular a produtividade ao bonificar funcionários pelo seu desempenho. Uma recompensa, por mais simples que seja, é sempre um reforço válido para quem realiza um bom trabalho.

Porém, algo que impede muitas empresas de oferecer tais bonificações é o seu custo. Felizmente, nem toda recompensa precisa vir apenas na forma de um bônus financeiro. Existem muitas alternativas de recompensar seus funcionários e gerar despesas menores.

Algumas dessas bonificações, por sinal, são mais apreciadas do que um valor mais alto no contracheque. Veja aqui 4 dessas maneiras de bonificar funcionários:

1. Vale viagem

Se o destino e meio de viagem forem escolhidos corretamente, o custo total para a empresa pode ser ainda menor do que o da própria recompensa em dinheiro. É possível, inclusive, criar parcerias com empresas de viagem, obtendo descontos nesse serviço.

Outro recurso muito interessante é oferecer um vale combustível para que o colaborador faça a viagem por conta própria.

Do ponto de vista do funcionário, uma viagem pode ser muito mais interessante do que um valor bruto em dinheiro. Além de a empresa conseguir uma estadia melhor com os mesmos recursos, o valor da experiência vale mais do que o bônus. E quando o profissional voltar ao trabalho, estará descansado e com a criatividade recarregada.

2. Troféu informal

Não é preciso dinheiro algum para bonificar funcionários. Em muitos casos, um simples elogio formalizado já é o suficiente. Por isso, tantas empresas fazem “premiações” informais para suas equipes, oferecendo um troféu de “melhor rendimento” ou “mais metas alcançadas”.

Um pequeno ornamento pode já ser motivo de orgulho pessoal suficiente para melhorar o rendimento ao longo do tempo.

Claro que não é uma boa ideia abusar desse tipo de recompensa. Apesar de o elogio aumentar o sentimento de pertencimento e melhorar o clima organizacional, ele não é um benefício concreto.

Bonificar funcionários com itens mais palpáveis eventualmente será necessário, mas sempre leve esse método em consideração. Afinal, dar prestígio a quem merece não custa nada.

3. Festas de comemoração

Esse método envolve mais custos para a empresa, mas como ele é menos frequente, sempre é possível planejá-lo dentro do orçamento de todas as equipes.

Como os colaboradores se esforçaram para realizar um bom trabalho e cumprir suas metas, nada mais justo do que oferecer uma noite de diversão para comemorar — ela pode, por exemplo, acontecer anualmente.

Além disso, durante essa festa, sempre é possível fazer a premiação que mencionamos anteriormente. Dessa forma, você poderá bonificar funcionários duas vezes na mesma noite, sem custo adicional algum.

4. Oportunidades de crescimento

Em alguns casos simplesmente não é possível oferecer um benefício ou quantia extra para um colaborador que teve desempenho elevado.

Mas ainda é você pode bonificar o funcionário em médio e longo prazo, oferecendo uma função diferente, melhor remunerada ou com horário mais adequado. Assim, o profissional será mais produtivo e você poderá recompensá-lo financeiramente no futuro.

Agora que você conhece novas formas de bonificar funcionários, já pode começar a melhorar as recompensas que oferece. Quer continuar acompanhando nossos artigos? Então siga-nos no Facebook e no LinkedIn e receba nossos conteúdos em primeira mão!

Gostou do artigo? Que tal conferir um e-book completo sobre gestão de benefícios? Clique aqui para baixar o e-book “Guia dos Benefícios”.