O Termo Culture Code designa um documento que estabelece as práticas, os princípios e os comportamentos que orientam a atuação dos funcionários e colaboram para a construção da imagem da organização.

Para quem ainda não conhece, esse termo designa um documento que estabelece as práticas, os princípios e os comportamentos que orientam a atuação dos funcionários e colaboram para a construção da imagem da organização.

Além de servir como um guia, ele ajuda a atrair novos talentos alinhados com tal maneira de ver o mundo e demonstra aos clientes o que eles devem esperar da empresa.

Pensando em tudo isso, elaboramos este conteúdo com dicas de como criar um culture code que represente, verdadeiramente, a sua organização. Confira!

1. Defina os valores fundamentais

O primeiro passo para elaborar um culture code eficiente é definir quais são os valores fundamentais da empresa. Para isso não ser feito de modo aleatório, realize pesquisas e avaliações internas e crie espaços para que os funcionários possam emitir suas opiniões sobre o assunto.

Algumas perguntas também servem como referência, por exemplo: “por que sua empresa está fazendo isso?”; “quais são as metas para o futuro?”; “quem é o tipo de pessoa que você procura atrair?”; “qual a sua definição de sucesso?”.

2. Estude o culture code de outras empresas

Inspirar-se em grandes empresas é sempre bom, certo? Na Internet, é possível encontrar culture codes, entre outros, como o da Netflix, gigante mundial de serviços de streaming, e o da Rock Content, startup nacional de marketing de conteúdo.

Mesmo que essas empresas não sejam do mesmo setor, a leitura de ambos os documentos é muito valiosa. 

Faça anotações de pontos que chamem a sua atenção, tanto negativamente quanto positivamente. Além disso, analise o tom, a construção das frases e como cada empresa aborda seus propósitos e valores, por exemplo.

3. Documente e refine o culture code

Depois de definir os valores e analisar o que está sendo feito por outras empresas, é hora de colocar o culture code no “papel”. O mais comum é montar uma apresentação com um bom visual e frases assertivas, que transmitam as ideias com clareza.

É importante ter em mente que, antes de ter uma versão final, o texto precisará passar por várias alterações até estar de acordo com o pretendido. Nessas horas, é essencial estar aberto a feedbacks e a novas perspectivas que possam melhorar o documento.

4. Divulgue-o interna e externamente

Com o culture code finalizado, não esqueça de divulgá-lo. Internamente, ressalte entre os funcionários que aquele documento faz parte de algo maior, lembrando de onde a empresa veio e como aquilo a ajudará a alcançar determinadas metas.

Externamente, não hesite em torná-lo público, seja para clientes, seja para possíveis novos colaboradores. Assim, todos conseguem entender melhor como a empresa funciona e o que se pode esperar dela.

Com essas dicas, elaborar um culture code que cumpra seu propósito, certamente, será uma tarefa mais fácil e que trará bons resultados.

Quer continuar atualizando-se? Leia nosso outro post do blog e descubra o que é employer branding e como ele pode ajudá-lo a reter talentos!